Paraty

Max. 26ºc

Min. 20ºc

Home > Eventos > Festival Aves de Paraty 2017

Eventos

Festival Aves de Paraty 2017

Publicado em 11 de setembro de 2017 às 11:04

Festival Aves de Paraty 2017

Criado em 2012, o projeto Aves de Paraty da Associação Cairuçu tem como objetivo sensibilizar a população, empresários e gestores públicos para a importância das aves livres e do turismo de observação de aves em Paraty. Por meio de ações de educação ambiental em escolas, as crianças aprendem a reconhecer e valorizar a avifauna da Mata Atlântica. Em paralelo, trabalhos coordenados com os gestores públicos, guias turísticos e empresários do setor do turismo com ações de formação para o birdwatching, complementam o projeto na construção de uma cidade observadora de aves que, num futuro breve, será capaz de unir essa riqueza natural com o desenvolvimento cultural, social e econômico. O resultado mais significativo do projeto é o Festival Aves de Paraty | FAP, que chega à sua 5ª edição incorporado ao Calendário Anual de Eventos Culturais de paraty.

A primeira edição do Festival Aves de Paraty aconteceu em 2013 no Museu Forte Defensor Perpétuo e trouxe para a cidade, pela primeira vez, os grandes nomes da observação de aves do país. Em 2015, o Festival teve caráter internacional e realizou o FERIA DE AVES DE SUDAMÉRICA (Festival Sul-americano de Observadres de Aves), abordando os aspectos da observação de aves na dimensão da América do Sul. Foi um importante reconhecimento do projeto Aves de Paraty! Em cada um dos anos foi lançado um guia de identificação (Guia Aves de Paraty 1,2, 3 E 4) contendo MAIS DE 300 espécies das 458 aves conhecidas em Paraty.

 

Conquistas dos festivais de aves de Paraty:

8.000 visitantes

2.100 crianças participantes das atividades educativas

30 especialistas brasileiros

1 especialista argentino convidado

23 palestras

30 atividades educativas

4 workshopS sobre Infraestrutura do turismo de observação de aves (parceria sebrae)

14 saídas para observação de aves

A ave símbolo do Festival Aves de Paraty será o Socó-boi-escuro, um pássaro grande de 70 cm de altura que vive em rios encachoeirados e que por muito tempo foi considerado uma das aves mais misteriosas do Brasil, pois permaneceu por décadas sem ser encontrado na Mata Atlântica. Em 2016 alguns observadores de aves que estavam no Festival de Aves avistaram e fotografaram a ave no Rio Perequê-Açu, na estrada Paraty-Cunha. Devido ao desmatamento e à expansão urbana essa espécie está ameaçada de extinção. Embora a raridade do Socó-boi-escuro atraia para cá observadores de aves do mundo inteiro, ele é ainda desconhecido por grande parte de seus conterrâneos.

Confira a programação completa que contará com o lançamento anual do Guia Aves de Paraty -5 - Guia Educativo, com fotos de Renato Rizaro e Irmãos Mello.

O Festival acontece de 14 a 17 de setembro de 2017 no Museu Forte Defensor Perpétuo de Paraty e Centro Histórico, com toda a exuberância da Mata Atlântica, diversidade de avifauna, cultura e história

 

Programação:

5ªfeira, 14/9/2016

8h – 17h Recepção das Escolas em atividades de Educação Ambiental | Museu do Forte - agendamento de escolas até 10.09, bete.ambiental@cairucu.org.br, (24)99862-4189 e (24) 3371 4803

10h30 Abertura do Festival Aves de Paraty – Morro do Forte Defensor Perpétuo | Daniel Cywinski – Diretor da Associação Cairuçu

6ªfeira, 15/9/2016

8h Observação de Aves na Fazenda Bananal – Trade de Turismo Paraty (inscrições no Tel. 24 3371 4803 – (vagas destinadas a guias de turismo, proprietários de pousadas, operadores, agencias de turismo e afins)

8h – 17h Recepção das Escolas em atividades de Educação Ambiental | Museu do Forte - agendamento de escolas até 10.09, bete.ambiental@cairucu.org.br, (24)99862-4189 (24) 3371 4803

14h – 16h Oficina | Museu do Forte (inscrições no local – vagas gratuitas e limitadas)

"Introdução à observação e fotografia de aves", Luciano Lima

16h Lançamento do Guia Aves de Paraty 5 - EDucativo, com presença dos fotógrafos Renato Rizzaro & Irmãos Mello | Museu do Forte

16h30 Observação de Aves no Mangue Terra Nova (inscrições no local - participação gratuita)

sábado, 16/9/2016

8h Observação de Aves na Fazenda Bananal – Trade de Turismo Paraty (inscrições no Tel. 24 3371 4803 – (vagas destinadas a guias de turismo, proprietários de pousadas, operadores, agencias de turismo e afins)

10h OFICINA DE GRAFITE | Museu do Forte (inscrições no local – vagas limitadas)

Com Germain Templair a oficina com o tema das “Aves e Paraty”é destinada a crianças e familiares.

14h OFICINA DE GRAFITE | Museu do Forte (inscrições no local – vagas limitadas)

com Germain Templair a oficina com o tema das “Aves e Paraty”é destinada a crianças e familiares.

9h – 16h Atividades abertas de Educação Ambiental para famílias | Museu do Forte Defensor Perpétuo.

16h – 17h Apresentações culturais | Museu do Forte Defensor Perpétuo.

domingo, 17/9/2016

10h OFICINA DE GRAFITE | Museu do Forte (inscrições no local – vagas limitadas)

Com Germain Templair a oficina com o tema das “Aves e Paraty”é destinada a crianças e familiares.

9h – 12h Atividades abertas de Educação Ambiental para famílias | Museu do Forte Defensor Perpétuo.

EXPOSIÇÕES E MOSTRAS

Exposição de Fotografia Aves de Paraty | Clube de Observadores de Aves de Paraty - todos os dias de FAP das 10h às 17h no Museu do Forte Defensor Perpétuo

 

Exposição Projeto Aves da minha escola | Escolas Municipais de Paraty - todos os dias de FAP das 10h às 17h no Museu do Forte Defensor Perpétuo

 

Exposição de Cerâmica | Cintia Celeste - todos os dias de FAP das 10h às 17h no Museu do Forte Defensor Perpétuo

ATIVIDADES EDUCATIVAS

Trilha divertida

Objetivo: aprender brincando sobre hábitos, alimentação e reprodução das aves. Descrição: condução de crianças e adolescentes numa trilha com pistas e desafios. Público alvo: Ensino Fundamental e Médio. Local: trilha próxima ao Museu.

Labirinto das aves

Objetivo: sensibilizar sobre o impacto humano no dia a dia das aves.Descrição: um labirinto com obstáculos (engaiolamento, lixo, poluição e desmatamento) em que crianças/adolescentes, caracterizados como aves, precisam escolher as melhores opções para chegarem até as árvores. Público alvo:Ensino Infantil e Ensino Fundamental. Local: tenda no jardim do Museu.

Sentindo os ambientes

Objetivo: exercitar outros sentidos além da visão (tato e audição), relacionando as espécies de aves aos seus habitats. Descrição: crianças e adolescentes com venda nos olhos irão experimentar um percurso que associa os cantos de diferentes aves aos seus respectivos ambientes (mangue, restinga, floresta, etc). Público alvo: Ensino Fundamental e Médio. Local: tenda nos jardins do Museu.

Um dia de João de Barro

Objetivo: desenvolver o olhar sobre o mundo das aves através da arte.

Descrição: oficina com argila construindo ninhos, aves e casas de “João de Barro”, entre outros.Público alvo: Ensino Infantil e Fundamental. Local: tenda no jardim do Museu.

Teatro das aves

Objetivo: provocar reflexão sobre a manutenção das áreas naturais para as aves. Descrição: apresentação de um enredo através de crianças caracterizadas como aves (incluindo o socó boi escuro, ave homenageada deste Festival). Público alvo: Ensino Infantil e Ensino Fundamental. Local: tenda no jardim do Museu.

Cine aves

Objetivo: proporcionar lazer, informação e curiosidades sobre as aves.

Descrição: exibição de filmes sobre a temática das aves. Público alvo: Ensinos Infantil, Fundamental e Médio. Local: Casa da Pólvora, anexa ao Museu.

Voando de verdade

Objetivo: sensibilizar sobre a importância das aves livres na preservação da natureza. Descrição: uma oportunidade de tirolesa percebendo os ecossistemas ao redor. Público alvo: Ensino Fundamental e Médio. Local: jardim do Museu.

Aves literárias

Objetivo: incentivar a prática da leitura e da produção de texto no contexto das aves. Descrição:oficina de poesias e mediação de histórias sobre aves. Público alvo: Ensino Infantil e Ensino Fundamental. Local: tenda no jardim do Museu.

CURSOS E OFICINAS

Oficina Introdução à observação de aves, com Luciano Lima

Museu do Forte Defensor Perpétuo, 15/9, das 14h às 16h

Introdução ao tema, incluindo diversidade de espécies da Mata Atlântica, técnicas de observação, identificação e fotografia, equipamentos utilizados.

Luciano Lima é ornitólogo especializado em Mata Atlântica, trabalha no observatório de aves do Instituto Butantan e é responsável por levantamentos da avifauna na Fazenda Bananal, em Paraty.

Carga horária: 2 horas

Número de Vagas: 30 pessoas.

Local: Museu Forte Defensor Perpétuo

Curso de Fotografia e tratamento de imagens

Obs. Requer número mínimo de inscritos – pré-inscrições abertas no tel: (24) 3371 4803

Curso destinado a fotógrafos amadores e profissionais que queiram aprofundar conhecimentos nas técnicas da fotografia de Aves e tratamento de imagens. Curso ministrado pelos fotógrafos profissionais de aves Gabriel e Daniel Mello.

Carga horária: 15 horas - Dias 16 (das 8h00 as 17h00) e 17 (das 8h00 as 12h00)

Custo: R$ 300,00

Número de Vagas: 20 pessoas.

Local: Fazenda Bananal

Programação pode sofrer alterações até a data do evento com acréscimo de atividades.

Fique atento ao website:

www.cairucu.org.br

Mais informações:

(24) 3371-4803

« Voltar

CONHEÇA NOSSOS ÓRGÃOS E SECRETARIAS

http://pmparaty.rj.gov.br/adm/scripts/jp/sitemap.html http://pmparaty.rj.gov.br/adm/scripts/jp/sitemap.xml